10 dicas de como juntar dinheiro na Nova Zelândia para viajar

Um dos maiores problemas encontrados para se viajar por um longo tempo é a falta de dinheiro, não é verdade? Com um dos maiores salários mínimos do mundo, a Nova Zelândia é uma excelente opção para se juntar uma grana para viajar. Confira “10 dicas de como juntar dinheiro na Nova Zelândia para viajar” e saiba como economizar até R$ 5.000,00 por mês!

1 – Trabalhe em período integral (full time)

Se o objetivo é juntar uma boa grana, tem que se trabalhar muito! Empregos de meio período (part time) são o suficiente apenas para pagar as contas básicas como moradia e alimentação, enquanto os empregos em tempo integral proporcionam aquele extra tão necessário.

Como o pagamento no país normalmente é feito semanalmente e por horas trabalhadas, quanto mais horas melhor. O ideal é trabalhar no mínimo 40h semanais.

2 – Tenha apenas um emprego ao invés de vários

Pode parecer estranho, mas ter mais de um emprego não é necessariamente vantajoso na Nova Zelândia. Isso acontece devido às taxas sobre os pagamentos (semelhantes ao IRRF no Brasil).

Enquanto o seu emprego principal tem uma taxação de 15 a 25% (dependente do valor recebido), empregos secundários podem ter uma taxação de até 45%, que diminui praticamente à metade o valor da hora trabalhada.

3 – Saia do salário mínimo

O salário mínimo de $14.75 (2015) por hora já é mais do que o suficiente para se ter uma boa condição de vida no país, mas  2 ou 3 dólares a mais por hora fazem toda a diferença à longo prazo quando o assunto é juntar uma boa grana.

Por exemplo, baristas e garçons com experiência podem chegar a ganhar $20 por hora e empregos na área de construção são muito bem pagos, mesmo para aqueles sem experiência. Empregos que exigem mão de obra qualificada podem pagar até $30 por hora para aqueles que consigam comprovar experiência.

10 dicas de como juntar dinheiro na Nova Zelandia para viajar

4 – Alugue sua própria casa

Outra dica que pode parecer estranha, mas é talvez uma das mais valiosas, principalmente ao se estabelecer em um mesmo lugar por um longo tempo.

Acomodação é um dos itens básicos mais caros na Nova Zelândia, com quartos individuais podendo custar até $250 por semana em determinadas cidades. Além dos preços de aluguel ser extremamente caros por si só, muitas pessoas ainda cobram mais por isso, causando uma inflação absurda. Por que andar na contramão?

Ao se alugar uma casa você deve pagar pelo aluguel da mesma ao proprietário e também as contas. Alugando-se os quartos vagos (ou até mesmo o sofá na sala) você consegue pagar facilmente pelo aluguel e abater boa parte das contas. Dependendo da quantidade de pessoas na casa e da época do ano (lembrando que no verão a conta de eletricidade é mais barata, pois os dias são mais longos e não é necessário o uso de aquecedor) é possível ter seu próprio quarto de graça ou até mesmo levantar uma graninha.

Uma boa opção para mobiliar a casa é comprar móveis e eletrodomésticos usados na Salvation Army. É possível vender tudo em um garage sale ou até mesmo para a pessoa que for ficar com a casa quando você for embora, recuperando assim boa parte da grana investida. #ficaadica

5 – Divida quarto com mais pessoas

Quando alugar sua própria casa não for uma opção, considere dividir quarto com mais pessoas ou mesmo morar em um hostel. Quartos compartilhados têm um valor muito inferior a quartos individuais, chegando a custar menos da metade destes últimos.

6 – Mude seus hábitos

Passar um tempo juntando dinheiro com um propósito e ter uma vida cheia de conforto e regalias são estilos de vida muito diferentes. Se o seu caso é o primeiro, muita adaptação será necessária para atingir seus objetivos.

Hábitos como comer em restaurante frequentemente, ir à academia, fumar e pagar por serviços terceirizados podem esvaziar sua conta bancária rapidamente na Nova Zelândia. A melhor forma de economizar é evitar estes custos ou usar de meios alternativos.

7 – Faça você mesmo

Uma sugestão a algumas das custosas atividades mencionadas na dica anterior, fazer tudo por conta própria pode te salvar um bom dinheiro no final do mês.

Fazer compras e cozinhar sua própria comida, caminhar ou correr na praia ou parques e fazer a faxina de casa são alguns dos exemplos que te permitem economizar alguns dólares diariamente.

8 – Corte gastos desnecessários

Sabe o que aquele carro novo, roupas de marca e a última geração do iPhone têm em comum? Todas devem estar fora da sua lista de prioridade!

Juntar dinheiro requer sacrifícios, e estes são só alguns daqueles que devem ser feitos para se economizar.

9 – Evite as baladas

Bares e Pubs não cobram entrada na Nova Zelândia, mas os preços de bebidas podem ser extremamente caros, podendo facilmente levar o custo da sua noitada aos 3 dígitos.

Uma boa forma de aproveitar a vida noturna sem gastar muito é começar a beber em casa antes, assim não será necessário gastar muito na balada. Só tenha cuidado para não beber demais e ter a entrada negada ou ser retirado de algum bar por estar muito embriagado (sério, é lei!).

10 – Faça festas em casa

As famosas House Parties, ou festas em casa, são uma ótima forma de reunir os amigos (e muitos desconhecidos também) e garantir a diversão com baixo custo.

10 dicas de como juntar dinheiro na Nova Zelandia para viajar

 

Estas dicas são apenas sugestões de como economizar com o objetivo de juntar uma grana no país para se viajar mais, mas depende do ritmo e zona de conforto de cada um.

Você tem alguma outra dica de como juntar dinheiro na Nova Zelândia para viajar? Compartilhe aqui!

Post Anterior
Próximo Post

Os comentários estão fechados.

Translate »