Auckland: Primeiras Impressões

É impossível julgar todo um país apenas por uma cidade, mas como estou vivendo em Auckland cerca de uma semana, achei interessante criar este tipo de post sobre minhas impressões. Por isto este post será um pouco mais longo que os outros e também o primeiro de uma série.

Auckland é a maior e mais populosa cidade da Nova Zelândia, com cerca de 1,5 milhões de habitantes, concentrando cerca de um terço da população de todo país. Caminhando nas ruas pode se ver gente de todos lugares do mundo; neo-zelandeses, asiáticos, europeus, indianos, latinos e especialmente os Maoris. É incrível como essa mistura faz de Auckland uma cidade internacional!

O centro da cidade gira basicamente em torno da Queen Street, a principal avenida daqui, com muitos prédios modernos, lojas e bancos. A cidade de Auckland é também conhecida como “Cidade das Velas” devido ao grande número de barcos a vela que tem por aqui (algumas pessoas até brincam que existem três barcos para cada habitante). Mesmo sendo a maior cidade do país, Auckland me desperta um sentimento de cidade pequena quando saio do centro. Não há muitos prédios, apenas casas baixas e geralmente antigas. É interessante estar em um lugar onde as pessoas pensam como metrópole mas vivem como uma cidade pequena.


A palavra Kiwi é muito recorrente aqui pois as plantações de Kiwi empregam muitas pessoas e são muito comuns principalmente na ilha norte; Kiwi é o nome de um pássaro símbolo do país e também como os neo-zelandeses são carinhosamente conhecidos.

nova zelandia auckland primeiras impressões
Credits: Jim Jenkins, Smithsonian’s National Zoo

Auckland está localizada numa zona vulcânica, e ao todo são cerca de 50 vulcões ao redor da cidade, mas nos dias de hoje estão todos extintos ou adormecidos. Basicamente todo morro, ilha, lago, lagoa ou depressão por aqui é ou já foi um vulcão, e se por acaso algum dia houver uma erupção, estamos todos ferrados!

nova zelandia auckland primeiras impressões
O custo de vida é bastante caro, especialmente para nós brasileiros, mas carros e eletrônicos costumam ser baratos. Por isso todo mundo aqui tem carro, pois o transporte público além de ser pouco eficiente é muito caro também, e no final das contas compensa ter um carro ou uma bicicleta, que por sinal é respeitada aqui, mesmo não havendo ciclovias. Além da poluição, outro grande problema gerado pelo grande número de carros é o congestionamento enorme e desproporcional para o tamanho da cidade. A propósito, aqui se dirige na esquerda, como na Inglaterra.

nova zelandia auckland primeiras impressões
Onde quer que você vá, percebe-se que os kiwis são apaixonados pelo Rugby assim como os brasileiros são apaixonados pelo futebol. Um bom exemplo disso são as aulas de educação física, onde o Rugby é levado a sério. Além disso, praticamente todas pessoas que conversei foram bastante amigáveis e prestativas, me fazendo sentir bem à vontade mesmo tão longe de casa.
nova zelandia auckland primeiras impressões

Post Anterior
Próximo Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »