4 destinos incríveis para conhecer na Papua Nova Guiné

Com tanta diversidade cultural e até mesmo paisagística em um país composto por ilhas, pântanos, densas florestas e montanhas, fica difícil imaginar uma única imagem que defina a Papua Nova Guiné. O The World Upon my Shoulders fez uma pequena lista com 4 destinos que não podem faltar num itinerário de visita ao país.

Rabaul

4 lugares incriveis papua nova guine
Foto: tarotastic (CC BY 2.0)

Rabaul, uma pequena cidade na província insular de East New Britain, foi devastada pela erupção do vulcão Tarvurur em 1994, dando chance à construção de outra cidade 30km dali, Kokopo.
Além da cidade ser parcialmente coberta pela cinza do vulcão, é também um dos destinos turísticos mais visitados na Papua Nova Guiné devido ao grande número de artefatos remanescentes da ocupação japonesa durante a Segunda Guerra Mundial, como bunkers, tanques de guerra, submarinos afundados, aviões, armas e cavernas usadas como esconderijo pelos japoneses.
A região conta também com um dos melhores pontos para a prática de mergulho e snorkel do país.

rabaul
Foto: Cale McMillen (https://www.flickr.com/photos/calemcmillen/)

Sepik River

O Sepik River é o mais longo rio da Papua Nova Guiné, serpenteando várias províncias do país antes de desaguar nas águas do Mar de Bismarck. O rio é importante para os aldeões que vivem na região à milênios por ser fonte de comida, transporte e cultura entre eles.
Esta é uma das regiões mais culturalmente diversas do país, com muitas das tribos que vivem ao longo do rio produzindo as famosas esculturas talhadas em madeiras exportadas mundialmente, além da adoração de crocodilos como ancestrais (ou principal fonte de alimento).
Algumas tribos, como a Chambri ou Palembei,  tem uma conexão tão forte com os crocodilos que os homens passam por um processo de iniciação onde tem que cortar a própria pele e inserir a seiva de uma árvore típica da região, que quando seca produz uma cicatriz que se assemelha ao couro de crocodilo.

As Terras Altas (Highlands) e Mount Wilhem

4 lugares incriveis papua nova guine
Foto: Cale McMillen (https://www.flickr.com/photos/calemcmillen/)

As Highlands (ou Terras Altas) da Papua Nova Guiné é a parte mais populosa do país, com cerca de 2 milhões de pessoas vivendo entre os rugosos e altos vales. Incrivelmente, sua descoberta só foi feita em 1930, quando dois exploradores australianos encontraram férteis e populosas terras quando estavam em busca de ouro.
Com altitudes médias de 1500m e um clima longe de ser tropical, as Highlands são bem diferentes das províncias costeiras ou pantanosas, além de contar com o Mt Wilhelm, a maior montanha do país, com 4.509m de altitude. É possível subir o pico de Mt Wilhelm numa caminhada que leva de 3 a 5 dias.
As Terras Altas também é casa do Goroka Show, o segundo maior festival tribal da Papua Nova Guiné, ficando atrás apenas do Hiri Moale.

hiri moale papua nova guine

O arquipélago de Duke of York

As ilhas de Duke of York Islands são na verdade um arquipélago formado por 7 pequenas ilhas entre as ilhas-províncias de New Britain e New Ireland, na Papua Nova Guiné.
O arquipélago é a perfeita definição do paraíso, com praias tropicais de águas cristalinas e repletas de coqueiros com suculentos côcos aguardando ser devorados.
Infelizmente, por se situar numa área de contato entre duas placas tectônicas, terremotos e tsunamis não são incomuns aos habitantes das ilhas. Além disso, as ilhas correm o risco de desaparecer com o constante aumento do nível do mar.

 

Post Anterior
Próximo Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »