A espiritual trilha de Kokoda na Papua Nova Guiné

Uma vez palco de batalha entre japoneses e australianos durante a Segunda Guerra Mundial, a trilha de Kokoda, ou Kokoda Track na Papua Nova Guiné, se tornou um dos destinos favoritos de vários amantes de trilhas de todas as partes do mundo devido ao seu alto grau de dificuldade e duração. São cerca de 96 Km entre densas florestas e várias comunidades locais em tortuosas trilhas inclinadas e lamacentas.
Hoje, pouco mais de 70 anos após o fim do conflito, Kokoda Track se tornou sinônimo de superação e resistência.

trilha kokoda papua nova guine

Um pouco de História…

Em 1942 os japoneses atacaram a base naval de Pearl Harbour, que colocou os Estados Unidos, oficialmente, como uma das nações participantes do conflito. Começou então uma das campanhas mais sangrentas da Segunda Guerra Mundial, com batalhas entre Japão e EUA ocorrendo por todo o Pacífico Sul, principalmente nas Ilhas Salomão e na Papua Nova Guiné.

Os japoneses invadiram a Papua Nova Guiné com o objetivo de cortar o suporte aliado dos australianos aos americanos, e a única forma de fazer isso era tomando a atual capital papuasi, Port Moresby, e assim garantir a soberania do Japão fisicamente entre os EUA e Austrália.

Os australianos, que administravam a Papua Nova Guiné antes da chegada dos japoneses, estavam bem preparados para defender Port Moresby contra os invasores, que deveriam atravessar toda a cadeia de montanhosa de Ower’s Range desde a costa norte.

Os japoneses avançaram impiedosamente, mas em Novembro de 1942 foram finalmente derrotados pelos australianos e alguns reforços americanos a poucos kilômetros de Port Moresby. Além do fogo inimigo, os combatentes tiveram que suportar um calor desumano e a escorregadia trilha rugosa que corta diversas montanhas de uma costa a outra da Papua Nova Guiné. Cerca de 6.000 australianos e americanos perderam suas vidas na batalha, enquanto se estima que as perdas japonesas foram muito piores, chegando aos 13.000.

A trilha que foi palco de batalha entre japoneses e australianos, conhecida hoje como Kokoda Track devido a uma vila de mesmo nome na região, foi abandonada até os anos 80, quando alguns mineiros e missionários passaram a usá-la novamente para acessar os isolados povos que habitam a região. Hoje, pouco mais de 70 anos após o fim da Segunda Guerra Mundial, a trilha de Kokoda se tornou sinônimo de superação e resistência.

A trilha de Kokoda Track

A trilha de Kokoda, ou Kokoda Track, se tornou um dos destinos favoritos de vários amantes de trilhas todos as cantos do mundo devido ao seu alto grau de dificuldade e duração. São cerca de 96 Km, que se estendem desde  Ower’s Corner até a vila de Kokoda, entre densas floresta e várias comunidades locais em tortuosas trilhas inclinadas e lamacentas, com altitudes variando entre 300m e 2190m acima do nível do mar.
trilha kokoda papua nova guinetrilha kokoda papua nova guinetrilha kokoda papua nova guine

Por ter sido um palco de batalha, a trilha ainda apresenta inúmeros vestígios do conflito armado. Além do monumento em homenagem àqueles que morreram em combate, existe também o cemitério de Bomana, onde aproximadamente 4000 australianos estão enterrados. Em alguns pontos da trilha é possível encontrar pilhas de munição e morteiros utilizados em 1942.

Kokoda é hoje considerada muito importante para a Austrália. Foi ali que muitos australianos perderam suas vidas defendendo seu país, e por isso a trilha se tornou uma espécie de “caminho de peregrinação” para aqueles que querem homenagear os soldados mortos na Segunda Guerra Mundial.

 

trilha kokoda papua nova guine
Créditos: Department of Veterans’ Affairs (Australia) (https://www.flickr.com/photos/dvaaus/)

Apesar da guerra ter acabado há vários anos, algumas mortes ainda têm sido relatadas em Kokoda. Não por conta de violência ou crime, como normalmente se  pensa quando se trata da Papua Nova Guiné, mas sim pela falta de despreparo de alguns trilheiros. Em 2009, 6 australianos morreram de causas naturais durante a travessia , o que aumentou a fiscalização da trilha por parte das autoridades competentes.

Dicas

Quanto tempo leva?

A trilha tem 96 Km ao todo e pode ser feita em ambos sentidos. Leva-se de 4 a 10 dias para ser percorrida, dependendo da condição física da pessoa.

Preparo físico

Kokoda Track é considerada uma das trilhas mais exigentes do mundo devido às várias subidas e descidas, e pra isso se faz necessário um bom preparo físico.
O ideal é estar bem preparado para 6 a 10 horas de caminhada pesada por dia, num terreno rugoso e clima tropical.
Aconselha-se tomar remédios de prevenção à Malária ao menos um mês antes de se viajar à Papua Nova Guiné.

Onde ficar?

Não há hotéis ou hospedagem privativa na trilha, mas há vários campings e opções de estadia nas casas dos locais que vivem na região.
Um simples lugar para montar sua barraca custa US$10 enquanto a uma noite com os locais pode custar até US$30.

Quando ir?

A melhor época para se fazer a trilha em Kokoda é na época de seca, de Maio a Setembro. Nesta temporada a trilha não tem muita lama e há menos mosquitos para se preocupar.

Quanto custa?

O custo desta experiência única vai depender de vários fatores como preparo físico, tempo disponível e conforto.

Existem tours especializados saindo de Port Moresby em direção à Kokoda Track diariamente, incluindo: transporte até o início da caminhada, acomodação, ticket de entrada no parque, comida, guia e “mula de carga” (opcional). Estes pacotes custam de US$2800 a US$5000, saindo da capital Port Moresby.
Agências: As agências com melhor reputação no mercado são Kokoda Trail, Kokoda Trail Expeditions, Kokoda Spirit e Kokoda Treks.

Para aqueles com espírito aventureiro e independente, é possível gastar cerca de US$1500 ao se planejar tudo sozinho, além de ajudar diretamente o povo local. Alguns custos devem ser considerados para tal intento:
– Ticket de admissão:  US$120 (350 Kina). O dinheiro arrecadado é utilizado pela Kokoda Track Authority para manutenção da trilha.
– Guia: US$25 por dia (Indispensável numa trilha tão longa)
– Porter (ou “mula de carga”): US$25 por dia (É necessário contratar um caso tenha mais de 16 Kg em sua mochila)
– Acomodação: US$10 – US$30 por noite
– Comida: Variável. Pode-se levar sua própria ou comprar diretamente dos aldeões.
– Transporte: Variável. Cheque as passagens aéreas de retorno de Popondetta até Port Moresby.

O que levar?

Depende se a trilha é feita de forma independente ou através de uma agência de viagens, se você vai acampar ou ficar na casa dos locais e se você vai cozinhar sua própria comida ou comprar nas vilas.

Independente de suas escolhas, recomenda-se levar kit de primeiros socorros, remédios, pastilhas de purificantes de água, par de botas impermeável, capa de chuva, roupas leves e arejadas, chapéu, protetor solar, repelente e muita disposição.

Como chegar?

Ower’s Corner fica a poucas horas de Port Moresby de transporte público. De Kokoda ou Popondetta à capital a única opção é pegar um avião.
Aqueles fazendo a trilha com agentes de turismo tem o transporte incluído no pacote.

Boas fontes de informação são o forum http://www.kokodatrail.com.au/forums/ e o próprio escritório da Kokoda Track Authority, que fica na Brian Bell Blvd, Boroko, Port Moresby.

Post Anterior
Próximo Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »